.

Será a Isa?

terça-feira, 1 de setembro de 2009

ASSIM NASCE O AMOR

Com a entrega de uma flor
Num olhar que se não espera
Um coração bate de amor
A dor no corpo desespera,
Os olhos ficam tremendo,
A boca querendo beijar
Para beber teu olhar,
Com os sentidos doendo
Ao redor de uma quimera.
É tudo o que de amor, eu entendo!

Olhando o que não espera
Nasce um verdadeiro amor!

É assim que nasce o amor
Nada mais tenho para dizer
Como sou uma flor,
Terás tu que entender!



Almada, 12-04-2009
Isabel Moreira

13 comentários:

direitinho disse...

Uma flor é um gesto de amor grande e profundo que poderá ser lido no olhar do outro.
Tantas coisas que nunca se disseram mas que uma flor diz claramente.
Maravilhoso quando se tem um coração para amar como uma flor que se deseja dar.
Boa semana e muitas flores destas que fazem falta na nossa vida e sociedade.

ISA disse...

Obrigada meu amigo pelas tua visita e mais ainda pelas tuas palavras. É de facto no silêncio e no perfume de uma flor que nasce tantas vezes o amor. Sei que isto é poetico e que a sociedade em geral tem tantas necessidades por todo o Mundo, onde a poesia não tem lugar... se bem que todos nós somos poetas muitas vezes sem sabermos.
Boa semana tb para ti e muitas flores destas...

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Se é isto que entende de amor então entende tudo sobre ele!!!

Um beijo carinhoso!

Sonia Regina.

ISA disse...

Obrigada, Amiga, Sonia Regina pelas tuas palavras e visão do amor.O Amor nasce mesmo quando menos esperamos e muitas vezes num simples olhar ou na entrega de uma flor. Parece que o perfume que as flores exalam nos embriagam com os seus aromas suavizantes.
Beijo
Isa

wcastanheira disse...

Parabéns, a leveza da sua página, fala ao coração, gosto mto de ler seus textos, vão direto no amago da alma, desce leve, escorrega macio, um adelícia...bjosss

ISA disse...

Obrigado amigo castanheira pela sua visita ao meu blogue. E pelas suas palavras. Visitei seu blogue e vi que é escritor. Pois colega a poesia é a leveza da alma, o desportar do espirito e a realidade dos factos. É na poesia que o poeta torna eterno um acontecimento social.E dado que o poema é a preguiça da prosa cai mais rápido e macio no entendimento.
beijo
Isa

Sonia Schmorantz disse...

Lindo poema Isa, sensível e delicado!
beijo e ótimo domingo

ISA disse...

Amiga Sonia obrigada pela tua visita.
Um bom fim-de-semana também para vc.
Jinhos
Isa

Andrea Guim disse...

Oi, Isa!

Vim conhecer seus blogs e agradecer pos você acompanhar o Blog'Arte. Será sempre bem vinda!!!
Beijins!

Andrea Guim

ISA disse...

Andreia
Obrigada pelas tuas palavras e teu comentário. Gostei da tua visita.
Aparecerei no teu espaço sempr...
Jinhos
Tua amiga
Isa

victor disse...

Bela visão do amor, apenas no olhar podemos sentir, asim é o amor. bj

ISA disse...

obrigada amigo pela sua visita e pelas suas palavras.
Jinhos de luz no seu coração.
Sua amiga
Isa

pedro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.

CONDOMíNIO - ALGARVE

CONDOMíNIO - ALGARVE
GERAL

EUZINHA - MONTAGEM

EUZINHA - MONTAGEM

PISCINA -FÉRIAS

PISCINA -FÉRIAS
ALGARVE

PISCINA - RELVA

PISCINA - RELVA
ALGARVE

PISCINA INTERIOR

PISCINA INTERIOR
ALGARVE

COZINHA DO APARTAMENTO

COZINHA DO APARTAMENTO
PRAIA DA ROCHA

PISCINA EXTERIOR

PISCINA EXTERIOR
ALGARVE

VARANDA - FÉRIAS

VARANDA - FÉRIAS
ALGARVE

Apartamento 513

Apartamento 513
meu

PARAISO SOL DA ROCHA

PARAISO SOL DA ROCHA
FÉRIAS