.

Será a Isa?

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

SER POETA

Ser poeta é ser alguém
Que olha durante o dia
O céu, para encontrar as
Estrelas.

Ser poeta e sonhar acordado,
É ver o sol, mesmo quando as nuvens o
Escondem.

Ser poeta é olhar para as flores,
Nos seus mais pequenos
Detalhos.

Ser poeta é ver para além da linha
Que desenha o horizonte.

Ser poeta é sentir dentro de si,
O infinito.
Ser poeta é ser alguém...
E não ser ninguém!

Autora: Isabel Moreira

10 comentários:

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Gosto deste seu jeito de definir os poetas:eles vêem mesmo os detalhes que outros não vêem!

Muito lindo o seu poema!

Um beijo,poetisa!

Sonia Regina.

direitinho disse...

Ser poeta é ser alguém e não ser ninguém é ser sobretudo sofrimento e contradição.

Fernanda disse...

Ser poeta e ser tudo e nao ser nada. E um pulsar e coisas que nos desassossega... mas e verdade, e sobretudo sentir! Gostei

Felipe Braga disse...

Coisa linda!
Ser poeta é exteriorizar pequenas coisas e sentimentos que corações tentam esconder.
Beijos.

Sonia Schmorantz disse...

Receita de ano novo 
de Carlos Drumond de Andrade
 

Para você ganhar belíssimo Ano Novo 
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, 
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido 
(mal vivido talvez ou sem sentido) 
para você ganhar um ano 
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, 
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; 
novo 
até no coração das coisas menos percebidas 
(a começar pelo seu interior) 
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, 
mas com ele se come, se passeia, 
se ama, se compreende, se trabalha, 
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, 
não precisa expedir nem receber mensagens 
(planta recebe mensagens? 
passa telegramas?) 
 

Não precisa 
fazer lista de boas intenções 
para arquivá-las na gaveta. 
Não precisa chorar arrependido 
pelas besteiras consumidas 
nem parvamente acreditar 
que por decreto de esperança 
a partir de janeiro as coisas mudem 
e seja tudo claridade, recompensa, 
justiça entre os homens e as nações, 
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, 
direitos respeitados, começando 
pelo direito augusto de viver. 
 

Para ganhar um Ano Novo 
que mereça este nome, 
você, meu caro, tem de merecê-lo, 
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, 
mas tente, experimente, consciente. 
É dentro de você que o Ano Novo 
cochila e espera desde sempre.

Que em 2010 Deus o abençôe com saúde, paz, muito amor e um bom trabalho!
abraço

Maria Valadas disse...

Ser poeta...é ser tudo e ser nada!

É ter ferida que não se vê!

Muito lindo o poema.

Obrigada pela visita, minha querida.

Bom ano de 2010 com saúde.

Maria Valadas disse...

Vim à procura de mais um poema... e reli este que me deixou encantada.

Voltarei mais tarde,

Beijinhos meus.

Maria

Sonhadora disse...

Lindo seu poema.

Ser poeta é sentir dentro de si,
O infinito.
Ser poeta é ser alguém...
E não ser ninguém!

é mesmo isso

Beijos
Sonhadora

ISA disse...

Obrigada meus queridos amigos pelos comentários deixados neste e noutros poemas, aqui neste blog. Amigos: Sonia Regina, Direitinho,Fernada, Filipe Braga, Sonia Schmorantz, Maria Valadas, Sonhadora... Um grande obrigada e bom ano de 2010 para todos.
Beijinhos
da amiga
Isa

pedro disse...

O Poeta


O poeta tem o estatuto divino!
Pela produção da sua escrita,
Transporta o seu próprio sonho,

Espécie de sonho acordado,
Alimento pátrio e primordial…
Uma necessidade quase vital,
Reconhecida influência cultural!

O poeta é cronista de mitologia,
De fulminante romantismo,
Que origina a poesia.
Tem a utopia da crítica “persentista”,
Suporte filosófico da sua linguagem,
Rótulo do psicologismo místico,
Por vezes ofensivo, ideologia selvagem.

O poeta escreve a claridade e a evidência,
Caminho onde se perde, destino de Orfeu,
Pela intuição que Deus lhe deu.
Julga os poderosos, ricos e espertos,
Por gestos da sua essência,
Maximizando, os acertos certos.

Ninguém escreve impunemente.
A escrita é de toda a gente,
Estando em toda a parte vigente,
E em parte, em alguma mente.

CONDOMíNIO - ALGARVE

CONDOMíNIO - ALGARVE
GERAL

EUZINHA - MONTAGEM

EUZINHA - MONTAGEM

PISCINA -FÉRIAS

PISCINA -FÉRIAS
ALGARVE

PISCINA - RELVA

PISCINA - RELVA
ALGARVE

PISCINA INTERIOR

PISCINA INTERIOR
ALGARVE

COZINHA DO APARTAMENTO

COZINHA DO APARTAMENTO
PRAIA DA ROCHA

PISCINA EXTERIOR

PISCINA EXTERIOR
ALGARVE

VARANDA - FÉRIAS

VARANDA - FÉRIAS
ALGARVE

Apartamento 513

Apartamento 513
meu

PARAISO SOL DA ROCHA

PARAISO SOL DA ROCHA
FÉRIAS